Tango feliz

CAPA ROMANCES DE CAFUNDOS 001

(de Romances da Cafundós / 1992)

Meu olhar não tem mais
a amargura dos tangos
e, verás, nem meu tango é triste mais.
Se é por jóias que esperas,
ganharás primaveras,
pérolas e diamantes,
rubís e corais

e terás noutras pedras
portuárias, de cais,
um bailado de pássaros e sóis,
fogos contrabandeados
de olhos de namorados,
vinhos, brilhos de luas,
estrelas, faróis.

O olhar de marujo
que ao porto se exibe
foi da pampa ao mar do Caribe
e voltou porque quis.
Veio primaveril e lhe basta,
veio com pedrarias de festa,
veio por teu amor e, se gostas,
te dá um tango feliz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *