Rebelados

CAPA ROMANCES DE CAFUNDOS 001

(de Romances de Cafundós / 1992)

Surpreendente manhã abraça os galos
e os amantes exaustos vão dormir.
A cidade não ousa despertá-los,
só o descanso do amor vai conseguir.

Ele riu pela noite amando muito,
ela mudou de mundo, até flutuou.
Quando veio a manhã dançavam juntos
como num fim de baile do interior.

Antes outra paisagem,
outra cena
– a Brigada de Pedro, a praça e nós.
Tinha sino demais pra ser novena
– povaréu levantara em cafundós.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *