No tempo

2

(com João Palmeiro)
Intérprete: Flora Almeida no CD João Palmeiro Águas Abertas / 1994

Virás
de manhã, quem sabe.
Virás, virás, virás
quanto menos tarde
se a paixão te arder
demais.

Voltar
ansiosa sangria
será, será, será
como eu voltaria
como eu já bebia
o gás, o gás, o gás.

Virás
ardente e profana
como febre urbana
feito quem se engana
ou se enganou no adeus.

Cidade aberta o coração
te guarda um bar
te oferta um chão
e vás chegar com beijos tão gentis
que eu, de feliz,
te negarei a mão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *