Feito brisa

capa 9 Musicanto

(com Talo Pereyra)
Intérprete: João de Almeida Neto no LP 9º Musicanto / 1991

Se minha voz
em vez de nós tivesse luz,
eu te daria alegres cantos e surpresas,
rosas e dálias,
cores agrárias
do mês de abril e ensolaradas camponesas.

se minha voz
ao te chamar fosse pintada
tu me verias caminhar por toda a tela,
a derramar azuis na estrada
dos cafundós do coração à tua janela.

Pudesse a voz mudar cenários cotidianos,
impor-se aos olhos, descansá-los, iludí-los,
eu cantaria nunca mais dramas humanos,
nunca mais fome, nunca mais dores de exílio.

pudesse o verso, feito bêbado travesso,
fingir o mundo, inverter tudo o que pisa,
te ninaria em vendavais como num berço
e te amaria em voz de calma feito brisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *