Chico, acode aqui!

(com Carlos Catuípe)

Força bruta abate
as matas tropicais
que emprestam verde ao estandarte
desta nação de desiguais
– o que tem muito e junta mais
e o que tem pouco e reparte

Chico, acode aqui!
– clama o suiriri –
que a cobiça arrasa
pau-brasil, inhamuí…

Cortes e queimadas
das matas tropicais
ferem no peito a pátria amada,
ferem pior que vendavais
pra impor aos povos florestais
obra, lavoura e boiada.

Chico, acode aqui!
– clama o tachuri –
que a ganância arrasa
jatobá, jaborandi…

Cinzas e outras ruínas…
Chagas na paisagem
invadem almas e retinas
e acordam mil calamidades.
Ó pátria, que teus rios te lavem
e o povaréu te mude a sina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *